domingo, 17 de março de 2013

Sexo: Minha primeira vez, o que fazer?

Este post é exclusivo para todos os leitores que ainda não entraram na vida sexual e que ensejam em fazer isso em breve mais morrem de medo só de pensar em que fazer, como agir? Quais são procedimentos? Quanto tempo dura? É bom? Vai doer? Devo fazer logo a penetração vaginal? E anal, pode? É esperado que minha parceira (o) goze também? Devo gozar dentro da camisinha? Ai Meu Deus.... quantas dúvidas!!

Não fique nervos que a gente explica tudinho!! Vamos lá...


Ou bem ou mal, a nossa cultura supervaloriza a primeira vez feminina, fazendo com que elas se preparem, discutam à respeito, tenham um cuidado total e falem disso abertamente.

Infelizmente todo o machismo acaba sendo negativo neste ponto para os rapazes. Eles são pressionados desde novos a serem demais na cama, obrigados a terem uma performance perfeita e o pior de tudo, sem nenhuma dica ou preparação pra isso.

Quem já "perdeu o cabaço", como dizem por ai, sabe que a primeira vez nunca é tão legal como imaginamos que seria. Alguns até consegue fazer com que se torne digna de lembranças, outros porém, querem apagá-la da memória o quanto antes.

Ansiedade (Ai Meu Deus.... milhões de pensamentos!)

Algo que muitos homens nem sempre sabem, é que as mulheres falam muito sobre sexo e intimidades umas com as outras.

Elas irão contar para as amigas detalhes que vocês nem imaginam, mesmo se tratando do namorado.

A pressão masculina não vem apenas dos homens, que sendo boa ou ruim a transa, vão sempre falar que eles foram os melhores, porque precisam se impor para os outros. Eles competem entre si, e vão deixar o melhor amigo na mão com certeza quanto a dúvidas.

Este comportamento bobo, animal, e até patético do machismo, acaba abalando os rapazes mais novos que ficam perdidos sem ter com quem trocar idéias e até tirar dúvidas que eles achavam complicadas em suas mentes, mas que não passavam de uma bobagem qualquer. 


O mais típico de se ver quando um rapaz tem dúvida sobre a primeira vez, são os mais experientes zombando, achando patético como se eles mesmos não tivessem passado por isso. Eles parecem se divertir com aquela situação que um dia aconteceu com eles, de forma sádica, infantil e imatura.

A primeira coisa é acabar com os tabus. Todo mundo tem dúvidas e ninguém nasce sabendo nada. As dúvidas mais comuns estão aí, tanto para o homem quanto para a mulher, com a diferença que as mulheres tratam isso com naturalidade e maturidade.

Apressadinho ou brocha?

Um dos maiores medos é se ele vai conseguir levar por um bom tempo.

Alguns rapazes ficam tão excitados que não conseguem fazer a transa durar nem um minuto. A ejaculação precoce costuma acontecer bastante na primeira vez.

Outra coisa é brochar. Um dos maiores fantasmas do mundo masculino é que isso aconteça.
Você pode brochar se ficar tenso demais.

Então a dica para que você não vá rápido demais ou falhe na hora H, é simples e fácil: não vá com muita sede ao pote.

A sexualidade da mulher tem um ponto chave, que é a calma. O homem que vai com calma e demora bastante antes da penetração, tem praticamente o domínio da situação.

Explore o corpo feminino sem se preocupar com o "objetivo final". Esqueça qualquer condição de que o sexo deva ser mecânico. A grande maioria dos homens não entendem as mulheres, e alguns deles nem mesmo sabem o que é um clitóris.

Ela é uma Deusa do Sexo ou não...

Se a mulher com quem você vai ter a primeira vez for experiente, tudo vai ser mais fácil. Ela pode guiar você e ditar um ritmo, mas a coisa fica preta é quando a garota é virgem também.

Garotas menos experientes estão cheias de neuras. Você vai ter que se preocupar em dobro, já que ela vai dar sinais de insegurança.


Por outro lado, se você for com calma, avançar bem devagar nas carícias, deixar o clima esquentar naturalmente, vai ser fácil, porque ela não estará te julgando, estará envolvida, e não terá medo.

Saiba que a primeira vez da mulher fica gravada na mente dela pra sempre. Portando é importante sim que você não pense só em si e ignore o que ela está sentindo, ou será "mal visto".

A penetração masculina dói para o homem?

Assim como na mulher, ela poderá doer ou ser incômoda se não houver lubrificação suficiente.

A mulher fica lubrificada naturalmente quando ela sente prazer, então você precisa trabalhar um bom tempo antes nos beijinhos e carícias (nunca diretamente na vagina), as chamadas preliminares, para só depois que ela estiver bastante excitada você iniciar o sexo propriamente dito.

Elogie o tempo todo

Não é à toa que a maioria das mulheres prefere a penumbra. Bem, algumas, se pudessem, só transariam na mais profunda escuridão. Pavor de que você veja a celulite, o peitinho meio caído ou uma gordurinha fora do lugar. E não tem exceção. Para você, a única preocupação é que o seu amigão aí esteja a postos e bata continência quando você precisar dele. A gente tem medo de que um fio de cabelo esteja fora do lugar e que você perceba. “A mulher sabe que a questão estética é importante para o homem e, claro, quer agradar. O que é muito simples, só é preciso elogiar”, diz Carla Cecarello. Mas seja autêntico. Se vocês chegaram à cama, devem ter ao menos passado algum tempo ou algumas horas juntos. O discurso “você é linda, você é gostosa” sempre vale, mas se você gostou de algo a mais nela é aí que vai ganhar pontos. O sorriso, o andar, o olhar, a voz. Qualquer coisa que mostre que você prestou atenção.

Mostre que está louco por ela

Você pode até achar que a sua ereção é o suficiente para mostrar que está com tesão. Bem, na verdade a gente sabe que isso acontece até quando você está dormindo. Então, sim, a gente precisa ter a certeza de que você está fissurado. Que sua boca saliva como se você tivesse vendo uma cerveja gelada no meio do deserto. “A mulher que se sente desejada também fica mais segura, mais confiante, mais à vontade e com isso o tesão dela será certamente maior”, diz a psicóloga Lana Harari, de São Paulo. Como você faz isso? Beije com vontade mesmo, abrace com força, pegue com atitude. Faça de um jeito que ela realmente se sinta a última latinha de cerveja da face da Terra.

Seja gentil

Beijar com vontade ou pegar com atitude não quer dizer que você deva deixá-la com o corpo dolorido e roxo. Na verdade, a gente odeia ter que passar uma semana vestindo calças compridas e gola rulê sob 32 graus (pelo menos quem não curte um sadomaso). Você pode e deve ter uma bela pegada, mas de um jeito gentil e delicado. “Uma coisa é firmeza, a outra é brutalidade. Se a mulher se sentir desrespeitada, não valorizada, ficará insegura para ir adiante. Menos ainda para ter um orgasmo”, diz Carlos E. Carrion.


Esteja presente com as palavras

Unanimidade entre as mulheres. Ninguém gosta do modelo de homem que entra mudo e sai calado. E isso vale antes, durante e depois do sexo. “O silêncio prejudica e distorce a comunicação. Cada um interpreta como quer, se a mulher tem baixa autoestima, poderá imaginar que não está agradando”, analisa Lana Harari. No antes, a conversa tem que ser sedutora e envolvente. No durante, você tem que sinalizar que está gostando. Não tem segredo, diga como ela mexe gostoso, fale do cheiro, que ela o deixa doido de tesão… No depois… custa conversar um pouco com a moça antes de capotar?

Mostre a que veio

Dizer que gozar nessa primeira vez não é tão importante não significa que não queremos gozar. Mas você sabe que o orgasmo é só o final do jogo, a bola na caçapa, balançando a rede do gol. Então, amigo, mãos, língua, tudo à obra. Coloque esse corpinho que você rala na academia para trabalhar. “A primeira impressão é sempre a que fica. Não gozar passa a ser secundário nessa primeira vez se todo o restante for bom”, diz Lana Harari. O ‘restante’ inclui uma bela surra de língua, beijos intermináveis, penetração com ritmo que pode ter diversas velocidades (do devagar quase parando ao frenético) e alguma (pouca) variação de posição – menos a do pêndulo do Kama Sutra.

Parou por quê? Se você não quer que ela empaque, evite…

Ter pressa

Lembra que as mulheres demoram mais para chegar lá? Então, segure a onda. Ainda mais se na última vez que saiu com uma garota o Ronaldo ainda era magro. Ou se você está espumando de tesão. Prolongue as preliminares. Faça tudo, de A a Z, menos o P de penetração.

Fazer acrobacia

Isso já foi falado 298 vezes, mas vocês não aprendem: não precisa mostrar o repertório todo logo de cara. Na primeira vez, tudo o que uma garota quer é ver se encaixa gostoso, se vocês acertam o ritmo. Dito isso, se você der conta do papai e mamãe gostoso, ela vai delirar. Mais: como o orgasmo leva mais tempo para chegar, a gente precisa curtir mais cada posição para evoluir e chegar lá. Cada vez que você muda de posição, voltamos à estaca zero.

Não prestar atenção

O lance do papai e mamãe tem outra explicação. A gente quer olhar para você e ter certeza de que você está ali presente e curtindo. Coisas simples como fazer carinho no rosto dela, continuar a beijar enquanto a penetra são bons sinalizadores de que ela é importante.

Soltar umas baixarias

Ouça, na primeira vez não vale chamar de vadia, vagabunda. A não ser que ela peça. Muitas mulheres gostam, mas não de cara. Ela vai ficar na dúvida se você está só querendo esquentar a transa ou se a está julgando.

Dar uns tapas

Vocês vão para a cama pela primeira vez e você acha que pode ir enfiando a mão na moça? A não ser que queira deixar a fofa meio apavorada, com medo de que você seja um tarado, pervertido, controle os ânimos. Tem gente que gosta, mas espere para saber direito.

Forçar sexo oral

Você pode até pedir, se ela não tomar a iniciativa. Mas uma vez só. Deixe que ela se sinta à vontade. Porque geralmente é só isso que ela precisa. Aquele mito de que mulher não gosta de fazer sexo oral é… só mito. Se ela gostar de você, do seu cheiro, do seu gosto, e estiver relaxada, ela vai fazer de joelhos.


Enfim, como alguns homens não costumam ter bom senso apurado – ainda mais com o corpo cheio de tesão – nós resolvemos dar uma ajuda aos machos-alfa de plantão, listando 17 coisas que eles não devem fazer na primeira vez:
  1. Não puxe o cabelo – Essa prática exige intimidade, faça isso na primeira vez apenas se ela(e) pedir;
  2. Não entre pela porta dos fundos – Não queira que na primeira visita do seu membro ao corpo da mulher seja pela porta dos fundos. Deixe isso para as próximas transas ou se a mulher pedir;
  3. Não esqueça da pegada forte – Mãos firmes, abraços fortes e penetradas intensas é o que a mulher mais quer sentir na primeira transa;
  4. Não chame ela pelo nome de outra- O homem pode estar transando com uma mulher diferente por dia, mas nunca pode confundir seus nomes, ainda mais no sexo;
  5. Não ejacule no corpo – Goze dentro da camisinha e não corra o risco de estragar sua noite;
  6. Não tenha pressa – Tire a roupa da mulher devagar, beije seu corpo todo e faça suas mãos passear sutilmente por suas zonas erógenas;
  7. Não ligue o modo britadeira – Antes de penetrar a mulher com força e com velocidade, o homem precisa fazer ela gozar pelo menos uma vez;
  8. Não goze rápido – A primeira transa é como um teste para ambos: a mulher ficar muito recatada ou o homem gozar rápido são atitudes que estragam esse momento que deveria ser de prazer;
  9. Não fique mudo – Elogios e palavras safadas ao pé do ouvido são muito poderosas para deixar as mulheres com tesão;
  10. Não fique em uma só posição – Mostre as infinitas formas de prazer que ela pode sentir com você;
  11. Não use cueca velha – Pode parecer bobo, mas a cueca é como a caixa da jóia. E, mesmo que digam que não, a embalagem conta pontos sim;
  12. Não exagere na bebida – Beber exageradamente antes de transar tira a energia na hora H, correndo o risco de até brochar;
  13. Não banque o surdo – Se a mulher pedir para parar algum movimento ou prática, é melhor escutar. Forçar a barra na primeira transa é para amadores;
  14. Não esteja com mal cheiro – É básico, mas já ouvimos relatos femininos que nos fazem reforçar a importância de um bom anti-transpirante e de um banho bem tomado antes de transar;
  15. Nem pense em pular o sexo oral – A mulher receber um bom boquete é essencial para que sua performance seja aplaudida;
  16. Não xingue – A maioria adora ser tratada(o) como putas(os) na cama, mas não na primeira vez;
  17. Não dê tapas na bunda – É necessário muita intimidade para essa prática ser gostosa.
Ou seja, vai com calma, siga as dicas... esqueça a neura de ficar pensando na performance e tals., siga os seus instintos, seja gentil e converse com a sua parceira(o). Um clima de romance ajuda e uma bebidinha também ajuda a relaxar (nada de exagero). Use sempre camisinha! E curta a vontade e com segurança!

Comente aqui come foi a sua primeira vez! O que deu certo? O que deu errado?

Fonte: Texto 1 | Texto 2 e Revista Men'ns Health

12 comentários:

  1. Sou gay e já terminei um relacionamento por medo de manter relações sexuais. Eu tenho 16 e ele tinha 29. Sempre que penso na primeira vez tenho medo de doer.

    ResponderExcluir
  2. Não precisa ter medo, o sexo é uma coisa espetacular, um momento de puro prazer e que deve ser considerado como o ápice de um relacionamento! Não termine relacionamentos por medo de manter relações sexuais, no seu caso acho que valeria a pena conversar com o seu parceiro, por ele ser mais experiente ele pode entender e até ser o seu tutor! Lógico que na primeira vez vai ser um pouco desconfortável e tals, mas se o seu parceiro está ciente dos seus medos e principalmente de suas limitações pode ser um grande momento de descoberta! Enjoy!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia/ Boa tarde/ Boa noite. Bem, queria te pedir para fazer uma postagem sobre como não ejacular rápido demais, se tem algum "treinamento" que tu possa fazer para demorar mais pra ejacular e essas coisas. Não tenho ejaculação precoce, mas sempre fiquei curioso se tem alguma coisa do tipo para que se possa demorar mais pra ejacular. A escolha é tua de fazer ou não fazer :D Mas se fazer ficarei bastante feliz, desde já, obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Luan, em breve abordaremos o tema! ;-)

    ResponderExcluir
  5. Em questão de limpeza, eu tenho glândulas de tyson bem desenvolvidas, já tentei de tudo pra acabar com o "sebo" mas é complicado, não que eu não me lave direito, faço corretamente e sempre! Mas tá ficando complicado, principalmente no sexo oral, mas sempre tomo banho antes de ter relação sexual... Queria perguntar se a mulher se acanha ao ver a aparência do pênis, ou ela evita "cair de boca"

    ResponderExcluir
  6. tenho 14 anos, e vi o comentário sobre as glandulas tyson, as minhas produzem muito sebo tbm, queria saber como diminuir ou sei lá, e recentemente eu percebi umas certas bolinhas na cabeça do meu penis, não em volta como as glandulas de tyson, na cabeça mesmo, queria saber o que era.. parecem cravos..

    ResponderExcluir
  7. glândulas de tyson são normais?

    ResponderExcluir
  8. Vamos lá:
    1) Sim, o parceiro se acanha sim se o pênis não está devidamente limpo. A questão de limpeza é fundamental! Mesma coisa de beijo na boca, vc nõa vai beijar alguém com hálito de dragão, vc evita!
    2) As Glândulas de Tyson(pápulas penianas peroláceas) são estruturas que secretam substâncias que protegem o pênis, podendo facilitar a penetração e estão presentes em todos os homens(portanto, não é doença). Aparecem como uma fileira de glândulas, ao redor da cabeça do pênis, como que formando uma coroa. Em muitos homens elas não são facilmente visíveis e em outros podem estar mais evidentes, com o característico aspecto de bolinhas brancas ao redor da glande (cabeça do pênis). A ocorrência das glândulas em maior tamanho é completamente natural(não sendo prejudiciais para a saúde do homem) e não está associada a qualquer doença sexualmente transmissível(portanto, não transmissível).

    ResponderExcluir
  9. tenho 14 anos estou namorando a 8 meses, seria muito sedo para ter minha primeira tranza. detalehe ela e mais velha que eu e n e virgem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho cedo! Mas depende, se vocês já possuem uma certa intimidade e o relacionamento está bom, porque não? Mas cuidado, por ela ser experiente e você extremamente novo pode ser diferente do seu ideal! Sempre use camisinha! E nada de fazer sexo anal e depois voltar a vaginal! Tente aumentar o volume de carícias, talvez sexo oral... você ainda é muito novo para isso! :-)

      Excluir
  10. serra que alguem me ajuda ai sou gay tenho 15 sou virgem e nao tenho ideia de como agir com meu namorado nessa hora se alguem puder me ajudem vou agradesse muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja natural, se abra para ele. Não tenha medo de falar que você é inexperiente, que gostaria de aprender junto com ele, sem forçação de barra, quanto mais natural melhor! Procure começar com carícias, sexo oral e se sentir confiante parta para o sexo anal, mas se estimulem muito... brinquem... vocês são jovens, não precisa ficar neurótico com isso! :-)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...