quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Sedentarismo é uma das principais causas da impotência sexual

A impotência sexual está muito relacionada à falta de atividade física, assim como a idade, as enfermidades cardiovasculares e a diabetes. O uso de drogas, incluindo o cigarro, o excesso de peso e consumo de bebidas alcoólicas, também interferirem diretamente no desempenho sexual. Todas essas afirmações são confirmadas por pesquisas recentes que atestam categoricamente: além dos fatores psicológicos, a falta de bons hábitos de manutenção da saúde está diretamente ligada à disfunção erétil.


Uma dessas pesquisas, realizada pela Escola de Medicina John Hopkins, nos Estados Unidos, verificou que a maior parte dos homens participantes que foram afetados pela impotência não havia feito atividades físicas intensas no mês anterior ao estudo. A pesquisa levou em consideração dados sobre a saúde e nutrição de uma amostra de 2.126 homens entrevistados.

Conclusão do estudo: quase a metade dos homens sexualmente impotentes é diabética e mais de 90% apresenta ao menos um fator de risco de enfermidades cardiovasculares. Trata-se da diabetes, hipertensão arterial, nível elevado de colesterol e o tabaco, precisaram os autores do estudo publicado na revista American Journal of Medicine, em 2007.

"Os médicos devem estar muito atentos aos problemas de impotência de seus pacientes de idade média, sobretudo, entre os que sofrem de diabetes e de hipertensão", ressalta a doutora Elizabeth Selvin, autora principal da pesquisa.

Outra investigação nesse contexto, realizada pelo Statens Serum Institut, na Dinamarca, ouviu mais de 5.000 indivíduos e evidenciou que 78% dos homens e 91% das mulheres que mantêm um estilo de vida pouco saudável sequer possuem parceiros sexuais.

Entenda os efeitos

Especialistas explicam que no caso dos homens, a disfunção erétil está diretamente relacionada ao envelhecimento, devido ao aparecimento de vários males ligados à função sexual, como hipertensão, diabetes e aumento anormal da taxa de gordura no sangue. O sedentarismo reduz os níveis de testosterona, logo, a libido e o desempenho sexual perdem a força.

Além disso, a falta de bons hábitos pode influenciar na imagem e trazer consequências negativas na autoestima e no poder de conquista ou atratividade, o que dificulta toda forma de relacionamento e a saúde dos indivíduos de maneira geral.

Está mais do que claro, portanto, que o caminho para elevar o desejo sexual é praticar atividades físicas com regularidade, manter uma alimentação equilibrada e fugir do cigarro, álcool e drogas. Além disso, fugir da disfunção erétil, o pesadelo de todo homem, pode representar a oportunidade de salvar uma vida ou de pelo menos torná-la mais prazerosa em todos os aspectos. Solucionar um problema de impotência sexual pode ser uma motivação muito forte para os homens e pode significar o primeiro passo para adotarem uma alimentação e um modo de vida mais saudáveis.

Fonte: HomemCorpus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...