sábado, 2 de julho de 2011

Próstata

Nova técnica a lazer está sendo usada eficazmente no tratamento dos tumores benignos. A hiperplasia benigna da próstata (aumento da glândula prostática) é o tumor benigno mais comum entre os homens. Surge após os 40 anos e pode acometer até 80% das pessoas do sexo masculino. Causa aumento da frequência da urina ou a sensação de esvaziamento incompleto da bexiga.


O tratamento clínico pode ser feito por meio de alterações do estilo de vida (como redução do consumo de líquidos) ou com medicação. Se os pacientes não responderem bem a esses tratamentos, a cirurgia pode ser indicada.

A mais nova técnica que chega ao Brasil é o procedimento cirúrgico green light laser, que tem apresentado resultados tão eficientes quanto os métodos tradicionais, com vantagens em relação ao tempo de internação, menos dor e melhor recuperação pós-operatória.

A fibra de laser é introduzida pela uretra, por meio de um instrumento acoplado a uma câmera de vídeo que permite a visualização do procedimento.

O laser então é direcionado para o tecido da próstata, que vai sendo literalmente vaporizado pela ação do raio verde. Além disso, apresenta um mínimo de sangramento, porque, ao mesmo tempo em que vaporiza a próstata, realiza a cauterização dos vasos sanguíneos, evitando sangramento durante todo o processo.

Se a hiperplasia benigna da próstata não for tratada, o aumento do volume da próstata pode abrir espaço para uma série de problemas, como retenção urinária, presença de cálculos na bexiga, infecções urinária de repetição e sangramento.

Para prevenir o surgimento dos sintomas, é indicado ir ao médico regularmente.

Por Yasmin Barcellos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...