quinta-feira, 31 de março de 2011

Ganhe esta pegada!

Turbine sua capacidade de preensão – a ação de segurar – e melhore o desempenho na academia, nos esportes e nas atividades do dia a dia
Você está cansado de ouvir as mulheres dizerem que homem precisa ter pegada. É claro, elas não se referem exatamente à “potência” de suas mãos. Ainda assim, esse papo denota que a capacidade de agarrar com firmeza é coisa de macho. Assuntos sexuais à parte, quem tem força e resistência na região que vai do punho à ponta dos dedos manda melhor na musculação, no judô, no tênis, na escalada, numa infinidade de esportes. Outra: se sai bem em atividades das mais corriqueiras. “Trabalhar a pegada evita, por exemplo, lesões decorrentes de movimentos como o de digitar e carregar caixas pesadas”, diz Maurício Garcia, coordenador-geral de fisioterapia do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte, em São Paulo. Por essas e outras, montamos um guia infalível para turbinar a extremidade dos seus braços. Garras à obra!
Pegada complexa
Fortalecer a pegada é muito mais fácil se você entender como ela funciona. Primeiro: a musculatura mais atuante sobre ela é a do antebraço. Mas a do punho, dedos, palma e parte de cima da mão também é fundamental nesse processo. Ao todo, mais de 35 músculos estão envolvidos. Como trabalhá-los? Depende do seu objetivo. “O treinamento deve ser direcionado a cada modalidade”, diz Paulo Gentil, mestre em educação física pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Pois é, o assunto é quente. E tem gente por aí que nunca deu bola para a pegada – ao contrário de você, que sabe bem de sua importância quando está mandando ver no encolhimento de ombros, no levantamento terra, na rosca direta..
LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DE ABRIL DA MEN’S HEALTH
Acesse o Artigo original aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...