domingo, 6 de março de 2011

6 Dicas para um tronco definido



É um fato que muitos de nós vamos à academia há anos e resultados: nem vê-los. Ou são os exercícios que não são adequados, ou é a alimentação que não ajuda, ou uma combinação de ambos, o fato é que não parece melhorar grande coisa.

Algumas dicas que irão fazer melhorar o rendimento dos vários grupos de músculos: braços, tronco, pernas, costas, ombros e peitorais. Pequenos conselhos que, levados a sério, vão dificultar os exercícios mais comuns e, com isso, melhorar os resultados.

Comecemos então pelo tronco e zona abdominal:

Depois de fazer o supino, use o banco para fazer 25 abdominais – Para além de exercitar outra parte do corpo ao mesmo tempo que relaxa as partes fatigadas, não tem desculpas para “saltar” os abdominais porque os colchenetes estão todos ocupados.

Coloque uma bola de ténis entre as mãos enquanto faz abdominais – Desta forma os músculos ficam mais tensos, exercendo maior pressão sobre as zonas que estão a ser trabalhadas.

Trabalhe primeiro os abdominais superiores – Faça o maior número de repetições possível. Desta forma os abdominais superiores rapidamente se sentirão cansados, fazendo pressão sobre os inferiores, o que leva a uma maior carga sobre estes. O resultado é uma maior definição da zona oblíqua.

Teça metas – Estabeleça um prazo (semanal, mensal, etc.) e defina objetivos para esse limite (aumento de peso, perda de massa gorda, levantamento de mais peso, o que seja).

Aperte o cinto – Faça esforços com pernas alternadas. Por exemplo: abdominais com alternância de pernas (cotovelo esquerdo no joelho direito com perna esquerda no chão, cotovelo direito no joelho esquerdo com perna direita no chão). A alternância de pernas faz pressão na zona abdominal oblíqua.

Beba muita água – Este é o maior segredo para um tronco perfeito. Cerca de 2 litros por dia e uma alimentação equilibrada fazem milagres.

Fonte: HomemCorpus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...